Associação X Sindicato: qual o papel legal de cada um?



Buscando um referencial para ficarmos um pouco mais por dentro do assunto e esclarecer algumas dúvidas, chegamos aos seguintes conceitos:

Embora, muitas vezes, tenham mais similaridades que diferenças, principalmente quando nos referimos aos seus objetivos e finalidades, as Associações Profissionais e os Sindicatos encontram suas fronteiras propriamente definidas — ou seus limites, no segundo caso — na própria Constituição Federal e em outras leis (inclusive no Código Civil). E as distinções entre essas duas entidades precisam ser compreendidas e difundidas para evitar qualquer distorção, principalmente entre os representados.*1

Não há dúvidas de que ambas as entidades são extremamente importantes para a sociedade como um todo, assumindo papeis vitais tanto no exercício da democracia quanto no exercício da cidadania. Cabe aos representantes dessas instituições, no entanto, entender suas limitações e transmiti-las aos seus associados.*1



ASSOCIAÇÃO: Pessoa jurídica de direito privado, responsável por congregar os profissionais de determinada área, visando atualização e aprimoramento profissional, através da promoção de eventos, cursos, vendas de publicações da área, criação de grupos de trabalho por áreas, etc. Também atua na divulgação da profissão, visando abrir vagas no mercado de trabalho, podendo disponibilizar bancos de currículos e divulgar vagas.*2

 SINDICATO: Pessoa jurídica de direito privado, que tem sua ação voltada para as questões referentes à relação de trabalho, tais como salário, horas extras, insalubridade, acordos e dissídios coletivos, etc. Entidade constituída para fins de proteção, estudo e defesa de interesses comuns.  *2
Os profissionais podem se associar livremente. Tem as prerrogativas de representante legal da categoria perante os três níveis de governo e junto ao Poder Judiciário. Faz todo ano negociações salariais com os sindicatos e federações patronais. Ingressa anualmente na Justiça do Trabalho com o dissídio coletivo da categoria, que fixa o percentual de reajuste dos salários, piso salarial e demais benefícios.*2

Com base nesses conceitos, acreditamos que conseguimos entender melhor o papel de cada um. Para aprofundarmos os conhecimento, quanto aos direitos, deveres e outras informações, devemos buscar a legislação vigente (Constituição Federal), que nela consta todas as informações.



Fontes de Pesquisa:

Uma personalidade a ser sempre Lembrada: Alexandre Rogério Marques - Do Apito ao Sucesso nas Redes



Você Amigo Leitor deve estar se perguntando: De quem estamos falando. Então, vamos lá!

Começamos nos campos de várzea. O faroeste do futebol. Como age o homem da lei na terra sem lei? “A várzea é diferente do profissional: tem que ter malandragem”.  Essa frase é de Alexandre Rogério Marques. 

Ex-árbitro de futebol com 1656 participações em jogos, teve a carreira encerrada prematuramente por problemas de saúde. 


Enquanto ativo como comandante das partidas, sabia todos os segredos de como sair ileso, de cabeça erguida, do campo de várzea. Ele detinha o código, a letrinha miúda da embalagem, a antiga “manha” para enfrentar os desafios do campeonato amador. 

Por começar tardiamente na arbitragem, aos 38, não conseguiu a ascensão que desejava, mas apitou esse absurdo número de jogos. Esteve mais em campo do que Pelé. 

Imagine então quantas vezes assoprou o apito. Essa conta ele infelizmente não fez. A dúvida que o aflige atualmente, aos 51, é o quão longe teria ido se tivesse começado jovem, na flor da idade.



Hoje, Alexandre é conhecido pelo Sucesso do Expresso da Várzea, um blog que lançou a fim de noticiar esportes e o mundo da bola, assim como outras notícias em geral.

Clique no Link, conheça e Acompanhe esse maravilhoso Trabalho:

 

Como Ficar por dentro das Regras de Futebol e outros Materiais no Brasil



          A CBF – Confederação Brasileira de Futebol possui um espaço em seu site onde disponibiliza de forma atualizada Livros de Regras, Circulares, Súmulas e Outros Materiais os quais são muito importantes para profissionais do Esporte.




        
        Para conferir esse espaço, basta Clicar no Link abaixo e Conferir. Aproveite o material. É importante!





Link atualizado em 21.07.2017:

O Jornalismo e o Esporte Amanhece de Luto: Morre no Dia do Futebol (19 de Julho) em Porto Alegre Paulo Sant’Anna



Não só o Estado do Rio Grande do Sul e a Nação Gremista (Tricolor), mas o Brasil inteiro a amanheceu de luto pelo falecimento o saudoso Jornalista e Comentarista Esportivo Paulo Sant’Anna. Um dos principais comunicadores do Estado do RS.
Sant’Anna  morreu na noite desta quarta-feira (19) no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, às 22hs20min aos 78 anos. Ele foi vítima de insuficiência respiratória e infecção generalizada.


 
TRAJETÓRIA *1

Antes de entrar para o jornalismo e se tornar um dos comentaristas mais conhecidos e populares do sul do país, Paulo Sant'Ana trabalhou como inspetor e delegado na Polícia Civil.
Por seu amor incondicional ao Grêmio, se tornou uma figura popular no antigo estádio do clube - o Olímpico - e, em razão disso, foi convidado a participar de um programa esportivo transmitido pela TV Piratini, o "Conversa de Arquibancada". A defesa ao tricolor gaúcho o levou para o "Sala de Redação", programa transmitido pela Rádio Gaúcha, nos anos 70. Ainda nessa década, se tornou colunista esportivo do Jornal Zero Hora e ganhou espaço no Jornal do Almoço, transmitido pela RBS TV.

O comunicador não fugia de uma boa polêmica, pois afirmava que queria ser lido e reconhecido pelo público, cada vez mais.



Segundo Informações da Mídia Local do Estado, o corpo será velado a partir das 8h30 desta quinta (20) na Arena do Grêmio. Inicialmente será reservado para amigos e familiares e, após às 11h, para o público em geral. O sepultamento será realizado no final da tarde no Cemitério João XXIII.

O Jornal Zero Hora Fez uma Linha do Tempo lembrando a Trajetória de Paulo Sant'Ana.






19 de Julho - Dia Nacional do Futebol: Uma Divisão de Base de Árbitros de Futebol Criada para Inovar no Quesito Social e ser Destaque no Esporte Brasileiro

 Como sabemos, o Dia Nacional do Futebol comemora-se em 19 de julho. Esta data foi escolhida e criada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em 1976. O objetivo era homenagear um time do Rio Grande do Sul, o Sport Clube Rio Grande, fundado em 1900.

Não podemos deixar de ressaltar que, a nível internacional, o futebol é homenageado em 10 de dezembro, data criada pela Organização das Nações Unidas como o Dia Mundial do Futebol * 1.

O futebol, (do inglês association football ou simplesmente football) é um desporto de equipe jogado entre dois times de 11 jogadores cada um e um árbitro que se ocupa da correta aplicação das normas. É considerado o desporto mais popular do mundo, pois cerca de 270 milhões de pessoas participam das suas várias competições. É jogado num campo retangular gramado, com um gol em cada lado do campo. O objetivo do jogo é deslocar uma bola através do campo para colocá-la dentro do gol adversário, ação que se denomina golo (português europeu) ou gol (português brasileiro). A equipe que marca mais golos ao término da partida é a vencedora* 2.



Quando Falamos em Futebol, nos vem a mente uma partida de Futebol. Mas quais são os personagens dessa?  Quem são as pessoas envolvidas?

Além dos Clubes e Jogadores, podemos citar dentre as pessoas envolvidas: árbitros, bandeirinhas, gandulas, cronometristas, anotadores  técnicos, preparadores físicos, fisioterapeutas, advogados, contadores, guardas e muito mais. Poderíamos citar aqui uma Leva de Profissionais, mas o que o nós do Blog Além do Apito queremos falar, já citamos: Os Árbitros.

O árbitro é tão importante para o futebol, que sem ele não pode ocorrer uma partida (Internacional Football Association Board, 2007). Na realidade, para uma partida ser conduzida com eficiência deverão estar presentes no campo de jogo, no mínimo, três árbitros, isto porque um atuará como árbitro principal (aquele que apita a partida); os outros dois atuarão como árbitros assistentes, conhecidos popularmente como bandeirinhas. * 3.

            Como sabemos o dia do Árbitro de Futebol de Comemora em 11 de Setembro, em uma data distinta. Porém, hoje no dia do Futebol não podemos deixar de Falar dessa Figura tão Importante que é o Árbitro.

            No Brasil, essa é regida por seu órgão máximo CBF (Confederação Brasileira de Futebol), assim como Federações em cada estado, além da Participação ativa de Associações e Sindicatos. Cada um possui seu regimento, sua importância e devem trabalhar sempre em conjunto, na busca de direitos e melhorias para a categoria.

            Uma Grande Novidade que surgiu em meio a esse ramo, foi uma Associação de Divisão de Base de Árbitros de Futebol que é pouco conhecida ainda no Brasil.  Isso mesmo que você acaba de ler.


            Fomos buscar as fontes desse trabalho e descobrimos o site da Iniciativa: www.dbaf.com.br


           
           A Iniciativa tem sua Origem em 09 de abril de 2011 em Salvador – BA, sendo que em 2015 compôs-se Juridicamente Oficializando uma Instituição de Caráter Privado, Sem Fins Lucrativos.

           Dentre as diversas atividades ministradas pela Instituição, está o Estímulo de Jovens e Crianças, de 10 a 17 anos, aprender um pouco mais sobre Arbitragem, além de formar árbitros de futebol de qualidade, atuar como ferramenta de Inclusão Social por meio do esporte. Além disso, a Instituição conta com outros projetos e busca ampliação deste, com atividades Culturais, Recreativas, Educacionais, Dentre outras. Além do Projeto de Inicialização à arbitragem, a Instituição conta com os seguintes Projetos: Oficinas de Arbitragem, Criança Feliz, DBAF e Cidadania (todos esses dados constam no site da Iniciativa).


Esse Projeto de Inclusão Social e Pioneiro no Futebol Brasileiro é comandado pelo Árbitro e Presidente da Instituição, Rildo Gois - Formado pela UCSAL (Universidade Católica de Salvador) e pela FBF (Federação Bahiana de Futebol). 


Objetivos Específicos do Projeto de Inicialização à Arbitragem - DBAF:

• Promover a prática esportiva em todas as classes sociais, fazendo com que as crianças, jovens e adolescentes desenvolvam uma visão coletiva;
• Oportunizar o desenvolvimento físico, psicológico e social, de maneira saudável, orientada e com acompanhamento técnico;
• Propiciar às crianças, jovens e adolescentes o conhecimento teórico, prático, técnico, tático, disciplinar e solidário;
• Integrar o aluno, professor, família e comunidade, atendendo a nossa perspectiva de inclusão social;
• Preparar as crianças, jovens e adolescentes para coordenar e arbitrar em jogos nas modalidades: futebol de campo, beach soccer, futsal e society;
• Ensinar as regras das modalidades citadas acima;
• Dar ênfase na socialização;
• Evidenciar em todo momento a disciplina e o respeito aos colegas e professores antes, durante e após os treinamentos;
• Participar de partidas amistosas e campeonatos das modalidades acima citadas e nas categorias de base como: mirim, infantil, juvenil, Junior  e adulto;
• Avaliar periodicamente o desenvolvimento individual, físico motor de habilidades motoras, psicológico e de socialização dos beneficiados pelo projeto.* 4



            Durante Todo esse tempo de Atuação, a DBAF (assim conhecida), a Instituição recebeu materiais e Patrocínios, além de apoio, conforme descrito no site: https://www.dbaf.com.br/sobre-1-c8vn. Lógico que, tudo que foi recebido foi bem abaixo do ideal, pois o Foco da Instituição é Abrir Núcleos e Realizar Parcerias em todos os Estados da Federação.



NÚMEROS DBAF EM 6 ANOS:
● Mais de 150 crianças e adolescentes envolvidas na Inclusão Social;
● Um Árbitro Formado em Curso com a Carga Horária da Confederação Brasileira de Futebol e pertencente ao quadro de Árbitro da mesma;
● 10 Árbitros formados no quadro da FBF – Federação Bahiana de Futebol com a carga horária exigida pela CBF;
● 40 Árbitros envolvidos com arbitragem a nível Amador;
● 15 Pessoas estudando com Bolsa a Nível Superior.




Hoje, a DBAF possui uma equipe mais consolidada, onde está se preparando para sua expansão, principalmente contando não só com a Direção, mas com um grupo de voluntariado. 

Outra informação que podemos adiantar é o Interesse e contato de Jovens em Outros Estados (fora da Bahia), onde podemos citar: Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará e muito mais. Alguns desses jovens, mediante parcerias, o presidente da DBAF, Rildo Gois, já foi conhecer pessoalmente e consequentemente a família desses jovens, onde mantém contato ativo via meios de comunicação (e-mail, telefone) e redes sociais (facebook, whatsapp).

Diante de Tudo isso que falamos, vamos conhecer mais e Apoiar essa Iniciativa. Vamos aprender praticar a Humildade e estender a mão ao próximo, pois iniciativas de cunho Social e Inclusivo são raras quando atuam firmemente em prol de uma causa... em prol do Bem. Tudo isso pode mudar, com apoio das Demais Instituições e Iniciativas, tanto Públicas como Privadas.

Para quem quiser conhecer mais sobre a Divisão de Base de Árbitros de Futebol -  DBAF: A mesma conta com vários canais divulgação, sendo os Principais:
● Página na rede Social Facebook em nome da DBAF, através do Link https://www.facebook.com/DivisaoDeBaseDeArbitroDeFutebol/
● Website: www.dbaf.com.br, onde são atualizados todas as ações e iniciativas, assim como está abrindo novos espaços também aos futuros parceiros e patrocinadores.
● Além disso, contamos com o Canal no Youtube chamado “DBAF Brasil”, através do link https://www.youtube.com/channel/UC3tW_ryhTCEIFKhYaJ4GA7Q, onde são postados vídeos e outros materiais sobre a Iniciativa.



Diante de Tudo isso que falamos aqui nesse post, podemos demonstrar o grande potencial que possui o Futebol. Não podemos pensar apenas em Jogadores, fortunas e passes valiosos de jogadores, mas sim de estender a mão ao próximo e apoiar quem realmente mais necessita, ou seja, apoiar crianças e jovens a realizarem o seu sonho (que pode ser dos mais diversos), assim como a população oriunda das camadas mais baixas da sociedade.


Fontes de Dados :

 

Links Recomendados