11 de Setembro - Dia do Árbitro Esportivo - Uma Homenagem aos Árbitros de Futebol


Como falamos no post anterior, na data de hoje, 11 de setembro é Comemorado o Dia do Árbitro Esportivo.

Nosso país é conhecido como o País do Futebol e os maiores alvos das Câmeras e Atenções são os Árbitros que atuam nesse segmento, seja no Futebol Amador ou no Futebol Profissional.
Respeito à categoria é imprescindível e acreditamos que o investimento em preparação e qualificação é a melhor forma para apoiar os árbitros na difícil missão de conduzir as partidas do esporte mais popular do País.

Inicialmente queremos parabenizar Todos os árbitros de Futebol do Brasil e do Mundo, pois sem Vocês o Futebol não sairia do papel. Vocês brigam, apanham, são xingados, estudam muito, se desgastam fisicamente e psicologicamente e estão ali sempre prontos e aptos a atuarem.
No campo de Futebol é o Mediador da Justiça em Campo. Esse Profissional deve sempre tomar decisões que nem sempre são agradáveis ao público, mas fazer cumprir o espirito esportivo, as regras e o respeito. 
Sua Valorização está muito longe de ser Ideal, mas está evoluindo a cada dia. Vamos Unidos crer que tudo isso faz parte de um Processo e que Almejar um Futuro Próspero é Possível sim e Necessário.
Que todas as Entidades Competentes façam seu papel, cumpram com os seus deveres e exijam os seus direitos. Vivemos em uma Democracia. Mas essas não podem apenas fazer políticas e oportunizar quem os convém.

 Não devemos apenas criticar por criticar. Vamos agir e dentro do possível, contribuir sempre para novas melhorias.

A figura do árbitro como um todo não deve ser menosprezado se quem está atuando seja homem ou mulher.
Precisamos quebrar esse Tabu!!!
Estamos no Século XXI. Profissional é Profissional independente do sexo, etnia, religião ou outra qualidade. Devemos avaliar as competências individuais de cada um e oportunizar a cada avanço.
Não devemos menosprezar se esse é atuante no Amador ou no Profissional. Muitas estrelas saem da várzea e ninguém fala, esquecem do seu passado ou não querem falar por vergonha.
Parabéns guerreiros!!!!
Uma data somente para lhes homenagear é muito pouco.




Na foto a Arbitra Alemã Bibiana Steinhaus, primeira mulher a atuar na Bundesliga (Liga Profissional de Futebol da Alemanha) e a Arbitra Assistente Brasileira, Diva M. B. dos Anjos, atuante no Futebol Amador no Estado de São Paulo. A distinção de países e categorias distintas de atuação não as menosprezam ou enaltecem, pois ambas são Profissionais atuantes na Arbitragem de Futebol e Merecem o mesmo Grau e Nível de Respeito.

Feliz 11 de Setembro – Dia do Árbitro Esportivo



11 de Setembro - Dia do Árbitro Esportivo


O Blog Além do Apito - vem publicamente através de seus Idealizadores e Editores PARABENIZAR todos os Árbitros do Brasil e do Mundo pelo 11 de setembro, dia  do Árbitro Esportivo.
Árbitro(a) é o indivíduo responsável por fazer cumprir as regras, o regulamento e o espírito do jogo ou desporto ao qual estão submetidos e intervir sempre que necessário, quando uma regra é violada ou algo incomum ocorre.

O dia 11 de setembro é consagrado para homenagear a categoria da Arbitragem Esportiva.  O “Dia do Árbitro Esportivo” está regulamentado na Lei Nº 14.485, de 19 de julho de 2007, válida para o calendário de eventos da cidade de São Paulo.

No Brasil, foi Regulamentada a Profissão pela Presidente da Republica, em 10 de outubro de 2013. Embora anteriormente não existisse registro de uma Lei mais abrangente, o fato é que o 11 de setembro acabou se tornando a data oficial do árbitro no Brasil.

A Equipe do Blog montou uma singela homenagem em Vídeo a Todos os Árbitros Esportivos, onde a mesma está disponibilizada no Youtube no link https://youtu.be/B6_Je7Xti6g

Não deixe de Assistir!


Diante de um contexto de muitas críticas sobre a arbitragem, principalmente no ramo do futebol, nós do Blog Além do Apito trabalhamos com um olhar diferenciado.  Jamais iremos deixar de falar dos demais ramos também.
A arbitragem em si só vem evoluindo a muito, mas não na mesma velocidade que deveria, porém, os avanços sempre são muito importantes e bem vindos. Houve retrocessos também em alguns quesitos, mas diante de um amplo consenso, isso é normal acontecer.
Tanto no esporte amador como no esporte profissional, a abertura de portas está sendo cada vez maior, não só para profissionais atuantes, mas para novos profissionais. Isso é um Plus muito grande, mas cada integrante que atua, direta ou indiretamente tem o seu grau de responsabilidade no processo.
Todos reconhecem que sem o árbitro não pode ser realizada uma partida de futebol ou de outra modalidade esportiva em alto nível, até mesmo nas peladas, onde não tem especificamente um árbitro, mas há regra para ser seguida, ou seja, todos ali são jogadores e ao mesmo tempo árbitros.

Vamos seguir firmes trabalhando e unidos sempre.

Nós da Equipe do Blog Além do Apito, Viemos publicamente nesta data, Dia do Árbitro Esportivo para Parabenizar a Classe Arbitral como um todo e reiteramos o nosso objetivo e compromisso em contribuir da melhor forma possível sempre, agregando conteúdos úteis e conquistas e valorização da profissão.

Continuem sempre lutando em prol de seus objetivos e muita coragem para trabalhar. Jamais Baixem a cabeça para Algo. Errar é Humano! Muita paciência para pensar, humildade para aperfeiçoar, sabedoria para interpretar com imparcialidade as regras como um todo e agir, segurança, firmeza e honestidade para aplicar as aplicá-las, ser forte no ato de julgar, servindo com amor e alegria, em respeito ao espírito do jogo, seja qual for a sua modalidade esportiva.



Veja: LEI Nº 12.867, DE 10 DE OUTUBRO DE 2013. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/Lei/L12867.htm

O Árbitro do Futebol Amador - Parte 2


O/A Árbitro (a) do Futebol Amador é mais que um profissional e sim um Guerreiro.
Além de ter a preocupação de se preparar, estudar e estar sempre em boa forma, tanto no quesito físico e no quesito psicológico, tem que suportar tantas coisas. Poderíamos citar várias, mas iremos falar nesse momento apenas de três: preconceito por atuarem no ramo (SIM, existe!), pouco reconhecimento profissional e Agressões Físicas e Psicológicas!
Você que está lendo deve pensar e refletir sobre isso.
Há muitas frases e campanhas na internet sobre Valorização de Profissionais do Amador e Paz no Esporte, mas infelizmente na Realidade, Pouca Prática.
Conversando com profissionais que atuam no Amador, muitos dizem que, além de ser uma imensa paixão, quando expõem seu ramo de atuação, muitos viram as costa.
Vejam bem, o profissional estuda, realiza o curso (seja em sindicatos, associações, federações), se prepara, se qualifica mais e mais, pois as regras se atualizam a cada ano, viajam horas para atuar, tendem a se organizar juridicamente para conseguirem mais oportunidades e tantas outras situações e ..... Conversando com profissionais que atuam no Amador, muitos dizem que, além de ser esse uma imensa paixão, quando expõem seu ramo de atuação, muitos viram as costas.  Há quem diga: vou procurar x ou y porque é qualificado (tem escudo x ou y) ou se é homem ou mulher  e por ai vai...
O que é isso meu povo?

Reflitam...
O que difere os bons e ruins profissionais não é onde atuam e sim o grau de interesse, experiência e qualificação em nível de conhecimento desses profissionais, assim com o em qualquer outro ramo de trabalho.
            O que difere um médico que atua no ramo privado ou no sistema público de saúde? Lembrando: o médico do sistema público pode ter estudado e se tornado por mérito seu servidor e o que atua no privado pode ter tentado e não ter capacidade apta a passar em um concurso, bem como pode ser um excelente profissional  e optar por uma carreira diferenciada.

Voltando à Arbitragem....
Árbitro do Amador não é Saco de pancada. Nunca foi e nunca será!
Qualquer tipo de agressão, Denuncie! 

Vejo equipes muito qualificadas no amador, outras já não tanto assim. Cabe a quem dirige esses times e clubes a qualificarem seus atletas. Esses também devem conhecer as regras do jogo e saber se posicionar como bons cidadãos dentro de jogo também. Treinem se querem resultados! Sejam os melhores, mas não atirem a responsabilidade aos Árbitros que podem errar sim... Errar é humano... Não são máquinas... Resolvam seus problemas com diálogo e trabalho, não no grito e com agressões!
Do Amador já saíram vários craques, seja da bola ou do apito e, Sem Incentivo, sem apoio, sem Valorização, muitos estão deixando de ter oportunidades.

Aos árbitros... às árbitras... Jamais desistam.
Como sabemos, as exigências a esses são menores do que a árbitros que atuam na elite do futebol, por exemplo.
Mesmo assim...
Honrem a camisa que vestem... a chuteira que calçam... Muito mais do que vocês já fazem... e busquem sempre ser os melhores.
Se vocês atuam no amador, isso demonstra toda paixão pela profissão... Trabalhe como estivesse em um campeonato mundial.
Seja a estrela sempre e não o Vilão.

Se....
Se você acha que falta experiência, vá com calma... busque orientações com  profissionais que já atuam a mais tempo e muito foco..
Se você acha que falta qualificação... Busque ler, conhecer novos horizontes... faça novos cursos... qualifique-se mais e mais...
Se você acha que é tão bom.. que é super experiente e qualificado o tamanho.... que está no ápice, mas pouco atua... busque conhecer a humildade... pois, excelentes profissionais, por mais qualificados que sejam,  são humildes, buscam a melhoria contínua a cada dia, se valoriza e não para no tempo...
A cada dia o mercado fica mais exigente, e com isso, a procura por profissionais qualificados aumenta. Hoje em dia não basta saber o básico, é importante ter tudo “a mais”: mais experiência, mais cursos, mais conhecimento, mais técnica, mais tudo.

Instituições do Futebol, Esferas Governamentais e Todos os Envolvidos... Abracem esses Profissionais e os Valorizem.
O mercado é uma linha de formação. Quanto mais valorizados, mais qualificação esses buscarão...  Valorização Motiva !!! Valorização Transforma!!! Os campeonatos serão beneficiados e melhores a cada dia.


Arbitragem... Um Amor.. Uma Paixão Infinita.
Por mais Valorização aos Profissionais do Amador.



Dica de Leitura:


Fim de papo: Aponta o Centro do Gramado



“Durante mais de um século, o árbitro vestiu-se de luto. Por quem? Por ele. Agora, disfarça em cores”. Definitivamente, ser árbitro de futebol não é fácil. Todos os pontos apresentados neste livro mostram um pouco da realidade vivida por estes donos do apito. Para comandar uma partida não basta saber todas as regras ou fazer os cursos de arbitragem. É preciso ter o dom. Às vezes despertado por vocação, outras, por convivência. Mas uma coisa é certa: somente os bons alcançam a glória. O árduo caminho para chegar ao topo da carreira depende do esforço de cada indivíduo, ainda que um pouco de sorte ajude.

Frações de segundo podem mudar o destino. O preparo psicológico é essencial, a pressão é inevitável. Apesar de se dedicarem ao máximo, são raros aqueles que têm no apito a principal fonte de renda. O encanto pela profissão também pode acabar. Vale rezar, se benzer, e até pedir aos deuses do futebol para que tudo transcorra da melhor forma possível. Mas quando a bola rola, todos o odeiam. Se não, passam a odiá-lo. Estando certo ou errado, pouco importa. Ele é o “Juiz ladrão!”. Se for mulher, pior ainda. O machismo ainda reina no futebol. Ao fim de cada partida, cuidado para não sair de camburão. O nome dele sempre será lembrado, pelo bem ou pelo mal. Pode até ter ajuda da tecnologia, já que o árbitro de vídeo é cada vez mais realidade. Mas que todos tenham em mente: trabalho bem feito, consciência tranquila... pelo bem do futebol.




Fonte:
Lucas Papel. A Figura do árbitro de futebol no Brasil. Uberlândia – MG, 2017- Pág 74.
Todos direitos reservados aos seus idealizadores.

Esportes Futebol Referee: Uma ferramenta de Aproximação, Troca de Experiências e Networking entre profissionais da Arbitragem de Futebol - Parte 3


Dando continuidade as vésperas da comemoração do 1º Ano de Criação do Grupo Esportes Futebol Referee, com foco ao tema exposto, com a finalidade de todos conhecer o trabalho desenvolvido,  convidamos todos árbitros e árbitras de futebol do país – Brasil  (e até fora deste, mas que compreenda e escreva o idioma português) a participarem conosco.
Não há nenhuma distinção de classe, modalidade e ou categoria. Somos profissionais em todas, seja no amador ou no profissional.
O foco é Aprendizagem e não aprende ou esclarece dúvidas nesse grupo, quem não possui interesse mesmo!
Lembrando: o trabalho é focado neste grupo em regras e atualizações, bem como temas gerias, com foco no futebol de campo.
Inicialmente, além do grupo no whatsapp, como mencionado em publicações anteriores,  todos os materiais utilizados são postados na página do Facebook e disponibilizados de modo de acesso a todos, visto que é muito raro alguém não possuir acesso as redes hoje.
Logo, para participar do grupo do Whats é Necessário que o contato inicial seja feito através dessa página onde, os administradores falarão com você e darão seguimento ao processo de inserção no grupo.

Link da Página Esportes Futebol Referee

Aguardamos seu contato.



Dica de Leitura:
Esportes Futebol Referee: Uma ferramenta de Aproximação, Troca de Experiências e Networking entre profissionais da Arbitragem de Futebol - Parte 1 - http://blogalemdoapito.blogspot.com/2018/07/esportes-futebol-referee-uma-ferramenta.html

Esportes Futebol Referee: Uma ferramenta de Aproximação, Troca de Experiências e Networking entre profissionais da Arbitragem de Futebol - Parte 2 - http://blogalemdoapito.blogspot.com/2018/07/esportes-futebol-referee-uma-ferramenta_30.html

O Árbitro do Futebol Amador - Parte 1


Diante de um ambiente que valoriza muito o esporte profissional, tem olhos para “as grandes estrelas” (assim propriamente ditos), iremos nesse post dar uma ênfase ao trabalho onde muitas vezes é esquecido: o esporte amador, conhecido também como várzea. Nessa ênfase, vamos afunilar o tema hoje, voltando ao futebol de campo. Teremos novas oportunidades e falaremos nas demais modalidades.
Futebol de várzea é um futebol jogado de forma amadora, sem muita infraestrutura (comparando com o futebol profissional). Várzea é uma gíria para designar algo informal, muitas vezes baixo nível, sem muita estrutura ou apoio, seja em relação a profissionais ou ao campo.

A mídia sensacionalista hoje tem olhos aqueles que lhe dão lucro e maior alcance. Temos também a mídia que mostra apenas o lado bom para “fazer uma média” e o lado ruim para ganhar alcance e sucesso... mas também temos a mídia real que, trabalha sol a sol, mostrando a realidade e é pouco reconhecido.
Mas estamos aqui para falar apenas em mídia?
Não!

Essa introdução foi feita para termos um horizonte dos tipos de trabalho que são realizados, seja no futebol ou qualquer outro esporte ou linha de raciocínio.

O futebol de amador é aquele praticado nos campos de bairros, vilas e favelas, que não possui nenhuma estrutura. Os times de futebol de amador normalmente são organizados na sociedade civil como associações, entre objetivos em comum. No início de carreira, essas praticamente pagam para jogar, por exemplo, quando têm campeonatos, uma vez que a maioria não possui nenhum patrocinador, então os jogadores têm que desembolsar dinheiro para se manterem. Quando conseguem patrocínio, é para custear as despesas básicas e taxas para participação em campeonatos, fruto de muito trabalho e, ai sim almejar uma renda extra ao clube, grupo ou associação pertencente. Vão evoluindo com o passar do tempo e almejando campeonatos maiores.
O Futebol amador é muito amplo. Além dos times, temos os profissionais do apito também que atuam nesse ramo. Temos muitos profissionais de extrema competência, qualidade e bem capacitados que optam por esse lado, ou que estejam iniciando suas carreiras, com a finalidade de adquirir experiência e qualificação, tendo apoio profissional e visando voos maiores, sejam na sua Federação ou outras Instituições.
Não podemos deixar de ressaltar que, além de Federações e Sindicatos, temos Associações e outras empresas na sociedade civil que se organizam de tal forma a fim de árbitros trabalharem de forma mais organizada, assim como clubes.  Precisamos de instituições que dirijam seus olhares a esses profissionais e não os abandonem. Hoje já vivemos em uma realidade muito mais evoluída do que 5 ou 10 anos atrás, onde ninguém dava bola  mesmo.
Você deve ter assistido em seu bairro, na sua cidade ou cidades vizinhas campeonatos onde tem uma equipe de arbitragem ali atuando. Então, ali estão esses profissionais.
Não iremos jamais menosprezar ninguém!!!
Homens e mulheres têm direitos iguais e capacidade igual, basta querer. Temos que quebrar esse tabu. O preconceito começa por nós mesmos! Apenas não podemos negar que, o maior interesse pela arbitragem hoje é por homens, sempre foi e sempre será, porém temos que incentivar e trazer as mulheres para esse ramo tão diferenciado que é a arbitragem.

Rapidamente falando em Arbitragem Feminina com relação ao Amador:
Fazendo uma pesquisa de mercado, podemos ver que o Futebol amador abre muitas portas em prol de oportunidades para mulheres atuarem, seja como jogadoras, técnicas árbitras e assistentes.
Isso é um orgulho, visto que estamos em um momento que já despertamos do sono, mas precisamos acordar de vez com a realidade. Léa e outras mulheres historicamente deram grandes passos e não podemos deixar de segui-las e honrar todo esse feito, com muito esforço, disciplina, dedicação e amor pelo que faz.
A Arbitragem feminina é muito nada e alvo maior de atenções, onde muitos sabidões só sabem criticar, porém quem critica não sabe fazer o que ela está fazendo dentro de Campo e, se sabe, faz com muita baixa qualidade.
Há preconceito?
Há e muito!
Mulher é profissional e não apenas vitrine para marmanjos e engraçadinhos. Vamos respeitá-las, seja onde for.


Voltando....
Um fato lamentável que não podemos deixar de falar: muitas vezes árbitros são desvalorizados em sua região de atuação, por N motivos e, para não largarem a profissão, atuam no amador. Temos que ressaltar que, não é por esse fator (atuar no amador) que esse deve ser menosprezado ou dizer que tem muito menos capacidade do que Árbitros de Elite.
Não podemos deixar de ressaltar que: Há árbitros que entram na profissão com uma maior idade e não deixam de atuar por isso, pois há idades notórias para carreiras, não só de arbitragem, mas como sabemos, também para jogadores.
Um Árbitro pode sim construir uma carreira no futebol amador. No país, temos muitos exemplos.
Talvez essa desvalorização citada acima, relaciona-se com baixa qualificação e vontade de evoluir. Entra ai o papel de pessoas e instituições para trabalharem com esses profissionais, motivando-os e esclarecendo suas dúvidas, tornando-os pessoas melhores.  Não é uma tarefa fácil, mas não podemos deixar esses profissionais de lado. É muito fácil excluir esses do meio e contratar outros.  Ninguém é insubstituível, mas temos que ter o bom senso sempre.

Outro fato lamentável são as agressões físicas e verbais que esses sofrem. Trataremos esse tema em um post Futuro, pois é um tema amplo e polêmico.
O Blog Além do Apito Repudia Toda e qualquer forma de Agressão e Violência: http://blogalemdoapito.blogspot.com/2018/04/nota-de-repudio-012018-somos-contra.html


ÁRBITROS SÃO PROFISSIONAIS DO AMADOR SIM!!!!!!
 Nada além do que isso!
É aquele que sofre no sol a sol, na chuva e no frio, que é xingado e elogiado, é aquele que está ali sempre que solicitado.

Profissional é profissional, seja qual categoria for, seja em qual cidade, bairro ou Estado For, não importando etnia, idade, classe social, gênero e tantas outras características. Vamos valorizá-los e Apoiá-los sempre!
Árbitros sobrevivem sem o Futebol, recorrendo a outras profissões, mas o Futebol dificilmente sobrevive se todos os árbitros decidirem não atuar mais. Não é apenas uma metáfora: É pura realidade.

Esse é um tema muito polemico e pouco discutido onde abriremos novos espaços. Em breve daremos sequencia ao tema, através da Parte 2.
Aguardem.


Lembrando: O Blog Além do Apito respeita  todas as pessoas, instituições, leis e regimentos atuantes no futebol e na arbitragem, seja qual ramo for. Sabemos que todos tem seu papel e de extrema importância e ressaltamos que respeitamos todos(as)!



Dicas de leitura:

Lei Nº 12.867 - Regula a profissão de Árbitro de Futebol e dá outras providências - http://blogalemdoapito.blogspot.com/2017/07/lei-n-12867-regula-profissao-de-arbitro.html

Esportes Futebol Referee: Uma ferramenta de Aproximação, Troca de Experiências e Networking entre profissionais da Arbitragem de Futebol - Parte 2



Semana passada, o Blog Falou um pouco dos Objetivos e quem são os profissionais que estão fazendo maior sucesso com uma nova ferramenta para agregar conhecimento em Arbitragem de Futebol: O Grupo Esportes Futebol Referee. Quem perdeu o post, pode acessar diretamente no link http://blogalemdoapito.blogspot.com/2018/07/esportes-futebol-referee-uma-ferramenta.html

Hoje iremos dar sequencia ao assunto em destaque.
Muitos devem estar se perguntando quais os temas mais abordados e discutidos no grupo, seja através de questões ou através de vídeos.
Entramos em contato com todos os Administradores do Grupo e os mesmos nos informaram que, os  debates são focados em dúvidas dos participantes e ou questões aplicadas em testes oficiais ou simulados que,  os mesmos julgam ser as maiores dificuldades, com base nas analises das respostas e quesitos  de interpretação dos participantes, com base nas regras atuais do Jogo.
Os lances mais debatidos até o momento  são relacionados, conforme abaixo:

 
1 – Impedimento – Regra 11
2 – Decisões do Árbitro – Regra 5
3 – Início e Reinício de Jogo – Regra 08
4 – Faltas e Incorreções – Regra 12
5 – Tiro Penal – Regra 14




             Além disso, não podemos deixar de ressaltar que as demais regras, também são debatidas, mas não com tanta frequência como as citadas acima, cujas são as que os administradores enxergam como as maiores dificuldades dos participantes. O foco é trabalhar sobre as dificuldades, deixando essas mais fáceis de ser entendidas, onde para muitos, tanto iniciantes como amadores, são estilos “monstros”.
Outros fatores que não podemos deixar de citar são as alterações na regra. No ano passado e agora nesse ano, quando a CBF e demais entidades divulgam oficialmente as alterações, as mesmas são repassadas aos participantes, bem como trabalhadas posteriormente as suas oficializações.

Conheça a página no facebook Esportes Futebol Referee através do link:


Como ser add no seleto grupo do Whats?
É simples. É só encaminhar uma mensagem no modo privado para a pagina citada acima que, a equipe entrará em contato.



Links Recomendados